domingo, 29 de outubro de 2017

Noite solitária ...

Tem vezes que meu coração fica vazio.
Um vazio sem medidas e sem explicação, muitas vezes eu tento achar algo para preencher mais não existe nada que faça ele ficar completo.
Há quem afirme que eu preciso de algo maior do que eu, algo sobre natural e magnífico.
Há quem diga que eu não tenho outra saída a não ser me converter e aceitar.
Há também pessoas que não imaginam o que se passa em meu coração , e afirmam que eu vivo em um mundo mágico cheio de encantos, como nos livros que leio.
Queria eu poder viver assim, nem que fosse por poucos minutos não ver e não saber de nada ruim que acontece em minha volta.
Não sentir dor, raiva, angústia ou qualquer sentimento que seja.
Apenas viver acreditando e sonhando com um príncipe e um "felizes para sempre" .
Minha vida seria mais fácil, seria do jeito que muitos acreditam que eu viva.
Por um minuto que não ser o que sou e ver a vida desse jeito lindo e mágico, queria mesmo fugir da realidade nua e crua e viver na fantasia, nos meus sonhos.
Queria não conviver com pessoas que mal conseguem se olhar se enxergar ...
pessoas que só conseguem apontar o dedo e dizer o quanto você está errado...
pessoas egoísta que colocam seus prazeres e suas opiniões acima de qualquer um...
pessoas que amam os animais e se alimentam deles.
Queria por um momento estar realmente sozinha, não ser vista, julgada ou taxada de qualquer coisa que fosse.
Queria por um único estante ser somente eu mesma, sem medos, receios ou até mesmo espectativas
Queria ser simplesmente eu, assim do jeito que sou, confusa, estranha e completamente normal, com uma normalidade inconstante e instável, com uma estranheza comum e aceitável.


Ana Floriano