sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Minha Decisão







Hoje tenho a certeza do quero para mim, fingo e escondo isso a anos, tentando preencher vazios que me sufocam, tento a anos escolher caminhos que me levariam a uma vida mais fácil e tranquila, caminhos que sempre serão vagos e distante de tudo que acredito e quero para mim , caminhos que me distanciam do que realmente sou e do que realmente desejo. Sou boa em quase tudo que faço, então pra qualquer lado que eu vá, serei bem sucedida, mais o sucesso não me atrai, não conforta, não me anima, não vou mais me esconder, vou gritar se for preciso, se gostarem do que faço tudo bem, se não eu nem ligo, já cansei de acharem que sou apenas uma boa menina, que sou meiga e boazinha, vou escrever, nem que seja pra ficar guardado nas prateleiras do meu quarto, entre clássicos que eu mais lia, o tempo foi passando e eu mesma me afastei de algo que pra mim sempre foi algo que amei, o cheiro, a textura dos livros que hoje estão empoeirados, lá naquela prateleira, todos amontoados, eles trazem e despertam algo em mim, que me fazem ser o que sou .... 



Ana Floriano 

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Minha Solidão !!!





A momentos em nossas vidas que nos perdemos dentro de nós mesmos, nada nem ninguém consegue nos tirar dessa profunda e cansada solidão, muitas vezes o medo nos domina, e é nesse momento que as coisas ficam mais complicadas, apesar de termos muitas pessoas ao nosso redor, muitas delas querendo nos ajudar, somos puxado por uma especie de força sobrenatural que nos carrega para um plano que nem conhecemos. Ali não sabemos quem somos, quem está ao nosso lado, esquecemos das coisas que nos deixavam felizes, esquecemos dos prazeres e de tudo que nos fazia bem, ali a única coisa que sentimos é uma tristeza enorme que nos consome dia após dia, levamos uma vida mais ou menos, fazemos as coisas por fazer e tentamos ao máximo não machucar ninguém, com nossos sentimentos e palavras, nada é pior do que fazermos as pessoas que amamos se sentirem mal por algo que não conseguimos controlar. Os dias passam e muitas vezes esse sentimento fica escondido, atrás de um passeio em família, ou até mesmo de um bom filme assistido, esses dias são bons, gostaria de mais dias assim, porém tem dias que ele vem logo pela manhã, ainda em jejum e nos domina, por longas horas e até mesmos dias, isso acontece muito, e até que me acostumei com isso, não sei mais como ligar com esses sentimentos, acredito que ele já é partes de mim, algo que vou ter que levar pra sempre, algo que me faz ser o que sou, não queria que fosse assim, gostaria que minha vida fosse extremamente "normal", com boas histórias pra contar, e ótimos lugares para ir, queria que tudo fosse bem bonito, assim como já foi um dia. Porém não reconheço o meu antigo eu, acredito que ele se foi em algum momento de minha vida, algum dia que o sentimento do qual tanto falo me dominou e me fez esquecer de tudo que um dia fui, do que um dia desejei, e sonhei, por falar em sonhos, já não os tenho mais, hoje tenho devaneios noturnos que são confusos e muitas vezes insanos, além do mais os sonhos são feitos para não serem realizados mesmo, idealizamos coisas e pessoas que nem sabemos se vão estar conosco amanhã, ultimamente só tenho sobrevivido a cada dia, de forma que o amanhã seja mais tolerável e menos cansativo do que hoje....


Ana Floriano